Páginas

sexta-feira, 1 de junho de 2012

“bolsa noiado”


Andei tanto tempo sumido novamente devido os estudos, imprevistos, trabalho, etc. é a correria que vivemos, sempre tentando melhorar nossas vidas, buscando aqui e ali mecanismos para conforto, estabilidade, etc.
Enquanto isto o governo de Minas Gerais...

...o bendito (para não dizer o antônimo) lançou o cartão Aliança Pela vida, que vai dar para a família de um dependente químico - que o nome certo deveria ser viciado em porcarias – pois todos somos dependentes químicos, a quantia de R$ 900 reais mensais para tratamento do vício. Deste valor, R$ 810 serão repassados diretamente para a comunidade terapêutica conveniada com o Estado, e os R$ 90 serão repassados para a familiares do interno, para despesas com visitas. O único critério é que as famílias beneficiadas tenham renda de até dois salários mínimos.
Como esta notícia já é antiga – meados do ano passado eu acho – isto já acontece em Teófilo Otoni e Juiz de Fora.
Polêmicas como “o poder público está transferindo a responsabilidade de zelar pela saúde dos cidadãos para a família”, e questionamentos de como será a transferência e o acompanhamento do dinheiro.
Enquanto isto trabalhamos, somos vítimas de vagabundos safados e pagamos impostos altíssimos para eles se tratarem. PARABÉNS AO GOVERNO DE MINAS GERAIS.

2 comentários:

  1. Sem contar o preço altíssimo que pagamos para não tão vagabundos que fazem uso do tabaco. enfim a vida é assim uns trabalham, outros exploram, outros imploram, e vamos seguindo a vida assim com nossas leniências que vez enguando nos tornam desabridos com a própria existência.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, mas com nossa leniência como diria Raulzito "essa lama que a gente engole e não faz nada nao, nada não"

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails