Páginas

sexta-feira, 16 de março de 2012

Como diz o ditado que "zói" de tonto não tem dono, talvez seja a desculpa usada

Há fatos que simplesmente não sei o que dizer a respeito. A certificação do quanto somos animais e sempre estamos imitando nossa espécie (irracional), se fortalece com exemplos como este.

Na Universidade da Califórnia (EUA), descobriu-se que moscas macho quando são rejeitadas  - o famoso fora - por moscas fêmeas tendem a encher a cara na cachaça para não ficar na solidão. Foram separados dois grupos de moscas macho, um dos grupos foi colocado ao lado de fêmeas virgens – não sei se as virgens eram de maiores ou não – as moscas que não conseguiram “tirar uma ponta, dar aquela trepadinha”, consumiram alimento contendo bebida alcoólica, foi o que retratou o experimento. Veja o vídeo:

 

Segundo o experimento ao se fazer sexo, é elevada a quantidade de uma substância chamada “Neuropeptídeo F” simplificando NPF. A NPF é ligada ao chamado de sistema de recompensa do cérebro, aí na de um determinado “consolo” as moscas que ficaram chupando dedo tiveram a necessidade da busca de prazer por outras formas. O que? Claro que elas não sabem se masturbar.
Lendo um comentário no fim da matéria, cita que em nós humanos tem uma molécula semelhante que é a (neuropeptídeo Y) ou NPY. A função da NPY é a mesma, a de recompensa. O que achei interessante é que o cabra que fez o comentário sugeriu a ativação dos sistemas de NPY para reverter os efeitos nocivos de experiências tramáticas e estressantes.
Mas aí eu pergunto:
Uns usam o álcool como desculpa pra isto e para aquiiiilooo. Será que eles realmente desejariam seus a ativação das NPY?

Fonte: SRZD

2 comentários:

  1. qUe COMO? NÃO ENTENDI PATAVINAS.===

    ResponderExcluir
  2. No popular...
    As moscas que não conseguiram "tirar uma" encheram a cara na pinga.
    Solidão, carência, melancolia, etc... enquanto uns usam o etanol como desculpa, outros o usa com outra intenção.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails