Páginas

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Não vote em mim

Se você ainda não ouviu Cambalache - versão de Raulzito – de uma música de C. Gardel; por favor, ouça. É um raio X do quadro que nos encontramos, de alguns que elegemos e de alguns que governam.
Queria comentar sobre a letra dela em tempos por vindouros, no entanto, acho o momento oportuno, principalmente na parte:

“Que falta de respeito, que afronta pra razão
Qualquer um é senhor, qualquer um é ladrão
Misturam-se Beethoven, Ringo Star e Napoleão
Pio IX e D. João, John Lennon e San Martin”

E deste tango adiante que continuo.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Giraçou e o porteiro do prostíbulo


To indo pra minha segunda faculdade na área de exatas não é por acaso, é porque ODEIO português. Acho muito difícil!
É muita variação, muita flexão, transição, pode assim e não pode assado, etc.
Sem falar nos neologismos, na nova mudança ortográfica, e a maneira resumida que os jovens digitam e até escrevem (hj).
Quem é freqüentador do blog sabe que meu português não é lá estas ou essas coisas, e cada dia me surpreendo e aprendo ao me deparar com anúncios que vejo ou que me passam, tipo este:
Related Posts with Thumbnails