Páginas

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Ele não tem mestrado, não foi trepado

Cadastrei-me recentemente num site que me enviam notícias do ramo cientifico, ao menos é o que eles dizem.
Recebi um email hoje com várias noticias onde uma em especial me chamou a atenção, era o seguinte; dizia que um juiz de Londres proibiu um homem de ter relações sexuais com seu PARCEIRO, motivo: Q.I. muito baixo para entender os riscos a saúde associados a um “vigoroso desejo sexual”, em miúdos, uma boa trepada, um atraso danado, porque infelizmente o quociente de inteligência do individuo é baixíssimo.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Eu disse que tava quase

Passei o mês de janeiro todo sem me expressar, pois a primeira matéria que queria publicar em 2011 era referente um pessoal que gravou um demo com seis músicas. Um som seco e reto, difícil de ser intitulado, talvez apenas de “rock” mesmo. Mas muito bom.
Nada de refrões pegajosos, vocalizações á moda axé, não fazem ideologia a qualquer coisa seja ela boa ou ruim, não escreveram letrinhas românticas parecendo música de corno com distorção. Eles não se preocupam com modismo, não vivem de música. Apenas tocam rock.
A demo foi gravada em Governador Valadares em dois dias, com alguns retoques do dono do estúdio o músico Dilpho do Silent Cry, o som em minha opinião ficou acima da média, claro que os vocais não ficaram lá estas coisas – pois os caras não são vocalistas – mas arriscaram abrir o gogó assim mesmo.
Pra quem gosta de bandas de FMs, rocks estilo Restart, NX Zero e coisas afim. NÃO É ESTE O ESTILO.
E como disse no título “Eu disse que tava quase”, é porque tava quase decidido o nome da banda, que é o único ponto negativo, horrível, absurdo, xulo, fraco, ridículo que acho.
Senhoras e senhores apresento a vocês; Dona Vânia. (horrível o nome).
Related Posts with Thumbnails