Páginas

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

A última do ano e que fosse a última para o Brasil

Como eu estou morrendo de preguiça de digitar e/ou opinar sobre...
Após tomar conhecimento da bendita proposta a ser aprovada pelos nosso políticos, na qual tomei conhecimento em uma conversa com o Trindade, deixo aqui o texto na íntegra para filosofarmos...

“DRU é aprovada


 Acompanhada de perto por integrantes do Palácio do Planalto, a base do governo no Senado conseguiu aprovar, no início da noite de ontem, o último turno da proposta que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 31 de dezembro de 2015. O projeto autoriza o governo a gastar livremente 20% do dinheiro arrecadado com impostos e contribuições sociais, o que representará cerca de R$ 62,4 bilhões apenas para o próximo ano. Segundo alguns integrantes da base aliada, parte desses recursos deve servir para que o Executivo consiga atingir a meta de superavit primário de 2012, de R$ 71,4 bilhões.
Antes do início da votação no plenário, os líderes dos partidos aliados promoveram uma força-tarefa, convocando por telefone os integrantes da base a fim de assegurar quórum suficiente para votar a proposta. Antes do início da sessão, as ministras da Casa Civil e de Relações Institucionais, Gleisi Hoffmann e Ideli Salvatti, respectivamente, marcaram presença no gabinete do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Após a visita, Ideli acompanhou a votação do gabinete do líder governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).
No plenário, integrantes da oposição criticaram a proposta, com o argumento de que se trata de um cheque em branco dado ao Executivo. "A prorrogação da DRU vem em nome da desorganização orçamentária. Vem em nome da tese de que orçamento é peça de ficção, que para nada serve a não ser para deleite de especialistas, já que o orçamento é desrespeitado do começo ao fim", criticou o líder do PSDB, senador Alvaro Dias (PR). Por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), a DRU não precisa ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff e deverá ser promulgada em sessão conjunta do Congresso, prevista para a manhã de hoje.
(ED)”.

Senadores relacionados:

·         Alvaro Dias
·         José Sarney
·         Romero Jucá




Talvez seja melhor o mundo acabar em 2012.

3 comentários:

  1. Tem assuntos que realmente estão fora de nossa ouçada. No entanto eu amo tanto viver que me esqueço dos menos afortunados. Ah só não esquecendo, estreiou ontem na Band "Mulheres Ricas". Adoro. Hello!

    ResponderExcluir
  2. Sem contar o que anda acontecendo aqui mesmo na câmara de Tubiacanga. Atitudes vergonhosas.Posturas inaceitáveis até mesmo de pessoas que se esqueceram que estão aqui por mais de cinco anos e dando claramente mais privilégios pra quem chega agora. Parece piada, mas não é. E viva a política nacional.Vou me embora pra Passárgada.

    ResponderExcluir
  3. Em Tiburciulândia também acontece algo próximo a isto. Novatos, sem experiência, que ainda não deram o sangue para/pelo povo e provavelmente... Espero que os representantes do povo não fizessem joinha com o dedo.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails