Páginas

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Como se definha uma instituição


Se você ouvir a expressão “você tá no sal” não é bom!
Nos primórdios era o contrário. Bem antes de Cristo, o sal era usado para tempero e conserva de alimentos, podendo ser até mais caro que o ouro em alguns lugares. Um fato marcante foi a marcha do Sal de Ghandi, e dizem que a palavra (salário) é derivada de sal. Então estar no sal não era ruim, economicamente falando.
Raciocínio rápido e lógico, Quanto mais excasso um produto, maior seu valor. Ou, a lei da oferta e da procura.
Um exemplo básico.

Em Bons tempos, tempos ruins, falo de crianças que sonhavam em ser professores, dominar certo conhecimento, ser referência, etc. Na intenção de tornar real o sonhos dos inocentes, começou a surgir faculdades, centros universitários e os diabos, formando professores a torto e a direita. Só que o  salário dos docentes diminuiu, a ideologia de Paulo Freire não bombou como deveria, o governo sacaneou, a sociedade não ajudou, e o caos se formou.
1º Resultado:
O pessoal abandonando os cursos de licenciatura, ou sala com míseros 2 ou 3 alunos.
2º Resultado:
As instituições que oferecem tais cursos em decadência.
3º Resultado:
As instituições começam a oferecer cursos de bacharel.
4º Resultado:
Se houverem outras instituições que oferecem cursos de bacharelado, a concorrência pode colocar em risco a qualidade dos serviços ofertados.
5º Resultado:
Com o passar do tempo, faltarão professores aptos para lecionarem até para a formação de bacharéis.
6º Resultado:
A qualidade dos formandos talvez fique comprometida, pois nem todos os bacharéis que optarem para o ramo de lecionar têm tal dom, não têm a magia da didática, etc.
7º Resultado:
Até que comece o efeito reverso, o nível educacional cairá ainda mais.
Em minha opinião o futuro caos, não será graças a falta de professores, mas sim a engrenagem que o sistema será direcionado. A competição entre os que ofertam serviços, mercado transbordando de uns profissionais e a escassez de outros.
Não podemos esquecer os cursos a distância que ajudam a eutanasiar as instituições de concreto.
Quanto a acordos formais ou não, os quais rezam a não competição entre cursos. Que fique para a ética resolver.

2 comentários:

  1. "o governo sacaneou, a sociedade não ajudou, e o caos se formou". pOÉTICO NÃO. e A PARTICIPAÇÃO DOS INTERESSADOS EM APRENDER? SINTO FALTA DELES. TALVEZ NESTA BUSCA DESENFREADA EXISTA ALGUEM QUE QUEIRA APRENDER DE VERDADE E INSTITUIÇÕES DISPOSTAS A ENSINAR A ESTES.

    ResponderExcluir
  2. Talvez sim.
    O problema é que os existentes em aprender nas instituições, estão se tornando poucos e não sendo o suficiente para suprir as despesas financeiras das instituições.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails