Páginas

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Steve Jobs, Cidinho, maçãs e tartarugas

O Google que era a marca mais valiosa do mundo, foi derrubado pela Apple que agora possui um valor estimado em US$ 153,2 bilhões. Apenas por curiosidade na América Latina a Petrobrás é a primeira, o Itaú em terceiro, Bradesco em quarto, Natura em sexto, seguido da Skol e Brahma em respectivos sétimo e oitavo lugar. Este ranking foi elaborado pela consultoria Milward Brown e publicado pela BrandZ.
Voltando a falar da Apple, dentro daquela maçã existe um bicho que é um homem ou vice-versa; o mentor Steve Jobs.
Incontestavelmente o maior responsável pelo sucesso atual da Apple, tem em homenagem a sua mente brilhante livros como “Faça como Steve Jobs”, tudo devido sua maneira de pensar e agir. Quando começou o projeto da Apple Store, ao invés de contratar algum nerd da computação, ou um hacker, ele contratou músicos, artistas, historiadores e até poetas para o desenvolvimento de seu projeto. Às vezes, ele busca inspiração em utensílios da cozinha. Ou mesmo na escolha do nome da empresa que começa com ‘A’, fazendo com que ela seja umas das primeiras na lista alfabética de marcas, ou o uso da maçã como marca, fruta é sinal de vida saudável associando computadores a algo saudável, e assimilação da fruta à marca.
Tanto é a expressão de Jobs que as ações da Apple oscilam conforme oscila sua saúde, que é assombrada por um câncer.
E por falar em câncer, outro dia tive uma palestra com uma equipe de não sei de onde, que tinha um senhor palestrando que vamos chamá-lo de um nome bem incomum – Cidinho -. O Cidinho falou tanto sobre câncer, sobre motivação no trabalho e na vida, casamento, arriscando até em áreas da química, e receitinhas de pessoas que se deram bem na vida, através do companheirismo, trabalho de equipe, e ensopado de repteis. Tadim do Cidinho! Se a intenção dele era ser referência como homem visionário, e ter como resultado a venda de uns livrinhos lá... como palestrante, visionário, dominador de um português básico, ele tá por fora.
Não entendo como uma empresa com CNPJ, amigos, e o próprio tem coragem de sair fazendo um papelão deste mundo afora.
Em certo momento da sofrível palestra, que era uma farofa de motivação, sadismo e impressionismo de quinta, o bendito Cidinho exibiu vídeos no momento em que se retirava tumores. Não preciso falar mais imagino.
Como novamente disse o Trindade, talvez um bom investimento seja sopinha de tartarugas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails