Páginas

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Mais uma foi pro espaço
Estranho descrever a sensação que tive ao ler a fúnebre matéria referente à morte da sonda Phoenix, que foi oficialmente confirmada pela NASA, que após inúmeras tentativas de contato com a mesma, informou que seu funeral seria lá mesmo no planeta vermelho habitado por ETs. verdes.
Colegas de serviço do mesmo batente como a Venus Express, Mariner, Luna 16, o “amigão” Sputnik e o Hubble prestaram suas condolências. “Sem dúvida nenhuma a Phoenix deixará saudades, e ultrapassou as expectativas de pesquisa e tempo em Marte confirmando a presença de gelo e neve lá. Pegar uma empreitada desta eu não pego mesmo! Podem mandar meu serviço pro espaço.” Comentou o Hublle.
A Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) que é outra sonda, “andou” sondando a Phoenix, e através de duas fotografias comprovou-se que não há o que fazer.
Há especulações que dizem que foi suicídio, após receber mensagens via onda de rádio que um ator que ela era apaixonada, tava envolvido com escândalos amorosos calientes, e que a fruta que ele gostava era outra e nunca diria isto numa entrevista, por exemplo, hummm... com a Gabi. Por exemplo.
Mas isto é apenas especulação, lembrando que a Phoenix suportou todo o inverno marciano rigoroso e já estava sendo iluminada pelo nosso astro rei novamente (não me refiro ao Roberto Carlos).
Em nota, o ônibus espacial Atlantis que aterrissou hoje na Flórida e pretende se aposentar após 25 anos de labuta comentou friamente que conhecia o potencial da Phoenix, porém, em frases de conformismo citou a teoria da Energia de Gibbs (tudo tende ao zero, a gastar o mínimo de energia possível) é o destino de todos.
Related Posts with Thumbnails