Páginas

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

PPPPP...


O sol estava mais ou menos no meio do céu, quando em 11 de fevereiro de 1929, o homem mais temido da Itália saiu dum Cadillac preto e se adentrou no Palácio de Latrão, onde era aguardado pelo Papa Pio 11 e seus puxa-sacos gabaritados. Por volta das 13 horas, o ICAR conseguiu o que havia perdido no século 19, um território independente dentro de Roma, e Mussolini o reconhecimento pela igreja como legítimo governo, neutralizando o adversário Partido Popular.
Ao longo da história o clero e posteriormente o ICAR sempre deram pitacos em outros setores da sociedade como na política.
Atualmente, a candidata petista a presidência do país é que vem tendo relações com o ICAR, relações não harmoniosas. O padre José Augusto, em sua homilia exibida ao vivo no programa da TV Canção Nova, pediu para os fiéis – não me refiro fiéis que torcem pro Corinthians – não votarem na candidada do PT, o padreco ainda soltou a franga, desceu do salto, rodou a baiana, deu a louca, baixou lhe um espírito ao dizer “Podem me matar, podem me prender, podem fazer o que quiser. Não tenho advogado nenhum. Podem me processar e, se tiver de ser preso, serei. Não tem problema, mas eu não posso me calar diante de um partido que está apoiando o aborto, e a Igreja não aprova”.
O candidato a presidência que votei não foi feliz, mas no debate promovido pela Canção Nova, alfinetou a ausência da candidata petista, a platéia foi ao delírio.
Coincidentemente evangélica, a bola da vez é a Marina, pois dizem que o PV é o desequilíbrio entre os concorrentes. Por falar em evangélicos esta é a capa da revista que ganhei quando estava no Rio me vez rir e ficar com medo do tal do anticristo. É cada uma que parece duas!
Independente de minha vertente política que é ínfima e confessar que o voto de protesto é tentador, não sei ainda o que farei dia 31 do mês corrente.
O que vejo é como as as religiões podem ajudar ou atrapalhar certos anseios e como as coisas vão além de políticas partidárias e se “esticam” envolvendo políticos, padres, pastores e outras p*.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails