Páginas

terça-feira, 20 de abril de 2010

Liga não, deve ser mentira
Imaginemos o seguinte:
ELE – Oi amor to LIGANDO pra saber se tá afim de sair hoje.
ELA – Tudo bem meu amor, vou tomar um banho e te LIGO quando estiver pronta.
O casalzinho se encontra e na hora “H”, o cara marca seis e meia.
A culpa é de quem?
Do celular. Tenho certeza que um mói de gente já disse por aí que celular causa impotência, câncer etc. como publicado no (Jornal Britânico - Sunday Mirror) que a exposição às ondas eletromagnéticas emitidas pelo tele móvel, reduz drasticamente os níveis de hormônios sexuais iiberados na corrente sangüínea. Nossa! Não brinca!
Em vários sites toscos, o celular é visto como o anti-viagra. O engraçado é que não apresentam nenhuma explicação cientifica do tipo – comprimento de onda, raio de emissão de radiação, etc - comprovando tal teoria.
Somos fatiados, atravessados, bombardeados a vida toda por vários tipos de ondas e/ou partículas (comportamento dual) emitidas por rádio, computador, televisão, ondas ultravioletas, raios x (procure saber o porquê do nome), gama, rezas e mais outros balaios de radiação que a simplória física estuda. Ao grosso modo, tudo que emite ondas e provavelmente balança (ioniza) os átomos das células; pode dar merda. To relevando os acidentes nucleares que devem nos atingir indiretamente até hoje, como o mais clássico o de, Chernobil.
O mais engraçado é que em alguns sites, tem até a lista de aparelhos celulares que emitem mais ou menos radiação. Jesus amado!
Por outro lado a “de novo” Super Sensacionalista Interessante, divulgou uma matéria que a associação de consumidores italiana Codacons encomendou a seguinte pesquisa: convocar 300 voluntários e impedi-los de usar seu aparelhinho durante 15 dias. Resultados; abstinência sexual, bloqueio da autoconfiança, desinteresse pelo parceiro, detecção de dependência de um tele móvel.
Mais uma, braquiterapia é uma forma de radioterapia em que materiais radioativos são implantados nas proximidades do tumor, porém, conforme disse um amigo meu “não tem como direcionar a radiação”, isto é claro! Daí vem a pergunta. Um cidadão com câncer de próstata, de pose de um cel “made in china” como o meu é, estaria sendo beneficiado ou se lascando mais devido à presença excessiva do questionado grambell?
Resumindo esta palhaçada toda, não tem nada cientificamente provado ainda, e até que um câncer me pegue fazendo com que eu substitua meu café por morfinas, eu ligo sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails